Como ter uma tempestade de ideias (e não chuvisco)
Share



Tem hora que dá aquele branco e a gente não consegue ter novas ideias, né? Eu trabalho com Brainstorm (ou Brainstorming, como queira) tanto em consultorias individuais quanto em workshops em grupo, e adoro essa técnica. Mas como gerar uma real tempestade de ideias e não ficar só no chuvisco? Para explorar a sua potencialidade criativa, existem alguns elementos que facilitam. Vou compartilhar 4 dicas nesse post, para início de conversa.

1) Não julgue

Registre TODAS as ideias que vierem, só depois você vai fazer a seleção, do que se aplica, do que precisa ser melhorado, do que talvez você só coloque em prática daqui um tempo, do que é só viagem na maionese.

Senão, a caixola começa a dar curto-circuito e entrar no modo de seleção e julgamento, o que emperra o processo criativo.

2) Quanto mais ideias, melhor

Deixe o cérebro entrar em modo de disparada, assim você vai ter muito mais material interessante para trabalhar depois. Se você paralisar em algum ponto, tem duas estratégias que eu uso e recomendo para meus alunos:

– Continue escrevendo, mesmo que seja: “agora me deu um branco, não sei como continuar ainda blablabla…” Assim os neuroniozinhos ganham uma micropausa, mas entendem que o trabalho continua.

– Ou o oposto: ao invés de ficar ali forçando a barra, levante, se alongue, tome uma água e retorne com a cabeca mais arejada.

Qual escolher? Experimente e veja qual se adequa ao momento.

 3) Brinque – sim, brinque

Brinque de registrar o óbvio. Brinque de pensar o impensável. Brinque de conectar ideias. Quanto mais leve você deixar fluir, menos aquilo vai parecer uma obrigação de ter a ideia mais brilhante do século, e mais ideias brilhantes podem aparecer.

Há quanto tempo você não brinca de criar?

4) Mantenha o canal aberto

Depois de uma sessão de tempestade de ideias, mantenha o canal aberto. Novas ideias podem surgir em momentos de relaxamento e distração (quem nunca teve ideias mirabolantes no banho?). Capte e registre, quando vier. Sabe quando você fica tentando se lembrar de algo e não consegue, mas um tempinho depois a memória surge como relâmpago? Seu cérebro estava lá procurando nos arquivos. Quando você deixou ele procurar em paz, a informação veio.

 

Agora me conta: como você cria novas ideias? Você separa um momento pra isso, de tempos em tempos? Tem um caderninho de ideias? Conta aqui pra mim nos comentários, adoro saber como é o processo de cada um. Isso sempre me dá novas ideias!

 

>> Quer que eu ajude você a desenvolver seu pensamento criativo e criar soluções numa sessão de tempestade de ideias? Vem pro Café com Ideias, uma consultoria que criei sob medida para você.

Comentários